Protetor Solar Anasol é bom?

- ANÚNCIO -

Recentemente, eu (Vanessa) me descuidei e fiz uma queimadura na mão com água quente. Mas, não se preocupem porque já está tudo bem! :). Depois que o pior passou, o médico recomendou não pegar sol na área afetada, assim como usar muito protetor solar. Então, aproveitei para dividir com vocês uma avaliação.

Será que o protetor solar Anasol é bom ou não?!

Como a marca apresenta uma grande variedade de produtos, a resenha de hoje será focada no protetor solar que estou usando — oil free e toque seco da Anasol. Aliás, ele também é muito usado contra queimaduras solares na rotina de proteção diária de muitas pessoas.

Obs.: se você quiserem uma resenha de outro produto da marca, só deixar nos comentários, ok? 🙂

Fator de proteção solar (FPS) do protetor Anasol

Além do 50 FPS que eu estou usando, você ainda encontra os de 30, 50, 75 e 99.

Dica SQÉB: O fator de proteção solar (FPS) do produto indica o tempo a mais que a pele fica protegida contra os raios solares.  Daí você me pergunta: “Mas como assim, quanto mais alto o FPS não quer dizer que mais potente é o protetor solar?

É fácil de entender e muita gente confunde isso, mas se a sua pele normalmente demora 5 minutos até começar a ficar vermelha e irritada por causa do sol, um protetor solar com FPS 50 irá te proteger por 50 vezes mais tempo, ou seja, por até 250 minutos, ou cerca de 4h.

Ou seja, o ideal mesmo é reaplicar o produto de 2 em duas horas, pois o protetor solar perde sua eficácia quando é diluído no suor ou absorvido pela pele, como por exemplo.

Fator UVA

O fator de Proteção UVA (FPUVA) — também conhecido como PPD — do protetor solar Anasol é equivalente a, no mínimo, ⅓ do valor do PPS declarado. Ou seja, está dentro do padrão exigido pela Anvisa.

Dica SQÉB: os raios UVA são responsáveis pelo surgimento de manchas, melasmas, flacidez e rugas na pele.

Características do protetor solar

Ativos presentes

A marca apresenta ativos interessantes na sua composição:

  • Polímero natural, que é responsável por promover um efeito matte e um toque  mais seco;
  • Tinosorb® M e Uvinul® A Plus, que oferecem proteção contra o fotoenvelhecimento e alta absorção das radiações UVA e UVB;
  • Vitamina E e Aloe Vera, queridinho na indústria dos cosméticos já que promovem ação hidratante e antioxidante;
  • Dióxido de Titânio, utilizado como uma barreira física para absorção de raios solares.

Além disso, o produto promete ser dermatologicamente testado, resistente à água, não comedogênico (não causam a obstrução dos poros) e oil free.

Fragrância

Tem aquele cheiro característico de protetor solar. Entretanto, após a aplicação, fica um pouco mais suave devido ao Aloe Vera que tem na composição dele.

Textura

Ele é fácil de espalhar e logo fica incolor, além de render bastante na pele. É o tipo de protetor que deixa seco, mas ainda permanece com o toque aveludado.

Embalagem

Aqui tem um detalhe interessante. A embalagem mais comum do protetor 50 FPS é de polietileno, com a tampa Flip Top (os designs tradicionais, estilo shampoo). O de 30 FPS também com são nessa embalagem.

Entretanto, percebemos que os fatores 75 e 99 são mais encontrados na versão bisnaga, aquelas que no geral adoramos, pois dá para cortar com a tesoura e aproveitar até a última gota de produto.

Por que usar protetor solar mesmo não exposto diretamente ao sol?

Espero que você não seja uma daquelas pessoas que só lembra do protetor solar quando vai se expor diretamente ao sol. Não é de hoje que dermatologistas alertam as pessoas para os riscos da exposição da pele aos danos diários causados pela luz artificial.

Não quero te assustar, ok? Mas eu preciso te alertar sobre um ponto. Ainda que a intensidade dos raios seja menor se comparada à exposição direta ao sol,  as lâmpadas fluorescentes (luz fria) também incidem raios UVA e UVB. Além delas, essa mesma luminosidade é encontrada em telas de computador e celular e televisões.

As possibilidades de danos são basicamente as mesmas dos raios solares: marcas de expressão, flacidez e, em casos mais graves, câncer de pele. Como prevenir: uso de protetor solar sempre.

Opinião de especialista

A dermatologista Luciana Troca Varela Ferradosa explicou que 99% dos raios ultravioletas que chegam a superfície da terra são do tipo UVA, enquanto os UVB são parcialmente absorvidos pela atmosfera. Soma-se isso ao dano a camada de ozônio e o efeito estufa, temos como resultado uma exposição mais intensa ao ultravioleta, que pode levar a uma maior incidência de câncer e fotoenvelhecimento.

A  radiação UVA tem forte influência no fotoenvelhecimento cutâneo, pois modifica o colágeno dérmico. Já o UVB é o maior causador dos efeitos cancerígenos das radiações e queimaduras solares.

Por essas razões a Luciana recomenda o uso de protetor solar como medida de fotoproteção para minimizar danos causados pela radiação ultravioleta.

Onde comprar

Nas minhas pesquisas encontrei o protetor solar Anasol em lojas de departamento, farmácias, drogarias e até em supermercados. Tanto em lojas físicas como online.

Qual o valor do protetor Anasol?

Usamos o Google Shopping para fazer o comparativo de preços. Você vai encontrar valores próximos a R$ 52 (embalagem de 125ml). Não é uma regra, porém é bem comum acontecer de quanto maior o filtro de proteção, maior será o valor do produto. Você também vai encontrar opções de kit com valores bem atrativos, mas sempre confira a data de validade.

Afinal de contas, protetor solar Anasol é bom?

Selo é bomÉ bom sim!

Minha experiência com o produto é positiva. Evito ao máximo a incidência de luz solar na região da queimadura, mas quando acontece protege bem. Das vezes que aconteceu, a pele inclusive não ficou avermelhada. Além disso, fica um toque seco, mas não perde aquela sensação de aveludado.

Outra coisa, o custo-benefício muito bom. O produto tem valor competitivo, quando comparado concorrentes. Ademais, atende tudo aquilo que se propõe. Encontramos muitas avaliações de consumidores em fóruns e site que já usaram o protetor Anasol e acharam ele bem bom.

Agora é com você, depois de usá-lo deixe aqui nos comentários a sua opinião para ajudar outros consumidores!

- ANÚNCIO-
Vanessa Gonçalveshttps://seraqueebom.blog.br/
Jornalista e Pós-Graduada em Marketing Digital. Apaixonada por viagens, universo digital, maquiagem e mundo fit.
Artigo anteriorColchão Herval é bom?
Próximo artigoShampoo Aussie é bom?

Posts Similares

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais vistos

Lavadora Mueller é boa?

Se a Mueller é boa ou não você vai ver junto comigo ao longo desse post, mas uma coisa eu já posso afirmar: é...

As 5 melhores coifas para comprar agora!

Já faz um bom tempo que avaliamos diversas marcas de coifas aqui no SQÉB. E como não são todas que consideramos como uma boa...

Coifa Gallant é boa?

Eu quis escrever essa avaliação para saber se a coifa Gallant é boa porque, para mim, essa é uma marca totalmente nova. Além disso,...