Dicas de Black Friday: 5 cuidados para fazer uma boa compra!

- ANÚNCIO -

Continuando com os nossos especiais de dicas para Black Friday desse ano, hoje é dia de falar sobre cuidados de compra para conseguir economizar ainda mais nessa data e não cair em nenhuma fraude.

Lembrando que essa lista é quase como um conselho para você, de consumidor para consumidor. Afinal, a nossa equipe também aproveita a Black Friday e todas essas dicas são os cuidados que temos com as nossas compras!

Nossas dicas de Black Friday para você

1 – Faça uma wishlist

A primeira dica pode parecer a mais óbvia, mas o que acontece com a maioria das pessoas é que elas têm a lista de desejos dentro da cabeça, apenas.

O que acontece na prática é que ao navegar pelas lojas durante a Black Friday, as oportunidades são tantas que dá aquela confusão. Ou você vai acabar comprando mais ou até menos do que gostaria. Pode ser que na empolgação até confunda as prioridades ou esqueça de algo importante.

Sendo assim, criar sua wishlist é bem importante para ter uma Black Friday mais produtiva e economizar de verdade. Afinal, desejo de compra a gente tem vários, não é? Mas não tem como saciar todos eles em uma única data.

Então, pegue um papel, um aplicativo do seu celular ou um bloco de notas no computador e comece a listar o que você realmente deseja nessa Black Friday. Depois, organize por ordem de prioridade. 🙂

👉 Um conselho: ao lado de cada item, coloque o limite que você está disposto a investir, para servir de parâmetro. E já que entramos nesse assunto, vamos para a próxima dica!

2 – Planeje seu orçamento

Planejar o orçamento pode ser uma prática de longo ou curto prazo, acreditem. Isso porque temos aqueles consumidores que juntam dinheiro o ano todo já pensando nas compras da Black Friday.

Por outro lado, a maioria das pessoas acabam pensando nisso de última hora. Mas tudo bem, tem como se organizar e definir um bom orçamento mesmo assim! O que você precisa fazer:

💲 Colocar um limite para as compras

Sim, você precisa estabelecer um valor máximo para usar na Black Friday e não passar disso.

Justamente por ter várias promoções imperdíveis, muitos consumidores acabam criando dívidas nessa época, que se embolam ainda mais com o Natal. Então, cuidado com a empolgação sem planejamento.

Por isso, pense primeiro em um limite geral.

Exemplo: quero usar R$300,00 em compras nesta Black Friday. 

Depois, use o conselhos que deixamos no primeiro tópico e separe seu orçamento para cada item da sua wishlist.

Exemplo: vou usar R$100,00 para comprar livros e R$200,00 para uma fritadeira.

💲 Definir como será o pagamento

E aí, vai ser no crédito ou no débito? 🙂 Parece uma decisão simples para a hora de pagar as compras, mas se você realmente quer economizar já pensa nisso antes!

Isso porque a grande maioria das promoções da Black Friday possuem um desconto a mais para pagamentos no débito (à vista). E o objetivo, no final das contas, é economizar o máximo que puder. Então, se for possível organizar suas finanças para passar as compras no débito (ou pagar em boleto também), melhor!

Entretanto, vamos para o cenário em que não foi possível pensar em compras à vista. Tudo bem, porque também existem alguns macetes para economizar. 🙂

Vou usar de exemplo aqui o nosso querido roxinho, o NuBank! Quando você faz compras no crédito e antecipa o pagamento (ou seja, quitar a dívida antes da data limite), geralmente o NuBank dá um descontinho no valor total. Eles fazem isso como incentivo para essa prática e ambos lados ganham.

O que queremos dizer é que se você for comprar no crédito, primeiro veja se o seu banco dá algum tipo de desconto para pagamentos adiantados. Depois, se organize para pagar as parcelas antes das datas de vencimento!

Além disso, alguns cuidados básicos: evite parcelas com juros e também muitos meses de pagamento, tenha em mente que um ano de parcelamento já é muito! Você não vai querer chegar na próxima Black Friday pagamento compras dessa, acredite.

3 – Use comparadores de preço

Os comparadores de preço são plataformas dedicadas à pesquisa constante de preços nos e-commerces, para comparar as opções para um mesmo produto. Além disso, existe mais de um formato de comparador: site, aplicativo e extensão para seu navegador.

Assim, você não precisa passar tanto tempo no Google procurando pelo seu produto e comparando os preços manualmente. Basta escolher um comparador, colocar o que deseja comprar e acompanhar a lista de preços em cada loja.

Para dar aquela ajudinha bem-vinda, fizemos uma lista com os melhores comparadores (na nossa opinião). Segue:

Zoom: é um site comparador de preços e que também faz muito conteúdo de dicas de compra e pesquisa de mercado. Não são todas as lojas que podem fazer parte do comparador do Zoom, apenas aquelas que passam nos critérios de confiabilidade deles.

Promobit: é um agregador de ofertas, dicas de compra e cupons de desconto de vários e-commerces, sendo que também conta com os membros para fazer a divulgação. Também está disponível para web ou no aplicativo.

Pelando: esse comparador tem uma dinâmica interessante, pois são os próprios usuários que cadastram promoções para avisar a comunidade do que está acontecendo. Sabe quando você encontra uma oferta incrível e quer dividir com os amigos? É mais ou menos assim!

Buscapé: é um dos comparadores mais antigos, já com 20 anos de história. Ele pode ser acessado pela web ou pelos aplicativos disponíveis para iOS e Android. Além disso, o próprio site já faz uma seleção de produtos da Black Friday e mostra na home.

Google Shopping: também pode se usado como uma ferramenta de comparação de preços, porque existe uma infinidade de lojas cadastradas para você verificar os diferentes preços para um mesmo produto.

Vigia de Preço: é uma extensão para o Google Chrome. Você cria alertas e recebe notificações de preço enquanto estiver usando o navegador, além de outras funcionalidades.

Crie alertas de preço

Em quase todos os comparadores listados acima, é possível configurar um alerta de preço para o produto que você desejar. É claro que dependendo do site, esse alerta pode ser mais detalhado ou não.

Enfim, nossa sugestão é que você escolha mais de um para usar. Justamente por terem propostas diferentes, essa é uma boa prática para ter uma visão 360º das promoções da Black Friday.

4 – Verifique a confiabilidade das lojas

Antes de comprar qualquer coisa na Black Friday, a primeira informação que você precisa encontrar é o “quem somos”, para entender a história e procedência da empresa. Assim como seus compromissos com o consumidor.

Além disso, existem duas informações que são extremamente importantes antes da compra:

🏆 Prova social: toda informação que prove que as pessoas confiam nos produtos vendidos naquela loja, assim como nos serviços envolvidos (entrega, atendimento etc.).

Você encontra essas provas nas redes sociais, nos próprios produtos vendidos no e-commerce e também no Reclame aqui, através de comentários e avaliações feitos pelos próprios consumidores.

🏆 Selos que qualidade: são como etiquetas colocadas no rodapé do site, que mostram prêmios de reconhecimento ou garantidores de segurança e qualidade nos produtos. Os selos mais comuns são o RA1000, Ebit, Certificado de Segurança (SSL), Movimento Compre e Confie, ABCOMM, Site Seguro by Google, entre outros.


🥇 Nós já criamos nossa lista de melhores sites para comprar na Black Friday. Clique e veja quais são para já criar seus alertas de preços para eles! Todos possuem nota maior que 8 no Reclame Aqui e já começaram o esquenta de 2020. 🙂


5 – Já pense nas compras de Natal

Nunca esqueça que logo depois da Black Friday já vem o Natal e muitos já aproveitam o  momento para antecipar as compras. Porém, nossa sugestão é que você divida essa lista entre as datas, para ter a oportunidade de encontrar promoções diferentes.

Afinal, a Black Friday é um evento muito bom para economizar, mas o Natal também. Sendo que algumas lojas fazem uma queima de estoque ainda maior em dezembro, para despachar o que sobrou da própria Black.

Bom, não tem como saber ao certo se o produto que você quer comprar estará mais barato agora ou no próximo mês. Você pode pesquisar por históricos de preços, mas também não é uma informação tão certa assim.

Então, qual a dica?

Comprar com consciência. 🙂 

Você não precisa sair comprando tudo na Black Friday, por isso batemos tanto na tecla da wishlist e do orçamento planejado. Deixe alguns produtos para o Natal, ou até para o ano que vem. Isso é bom para evitar muitas dívidas e gastos excessivos.

Além disso, uma dica final: fique de olho nas promoções conjuntas. Algumas lojas costumam liberar promoções especiais de Natal para quem foi cliente na Black Friday!

Pronto para aproveitar a Black Friday? Não esqueça das dicas!

Antes de encerrar, uma curiosidade: o Portal Será Que É Bom? nasceu de uma oportunidade e uma necessidade. Sendo que essa última é ajudar consumidores a realizarem compras melhores, no sentido econômico e também de qualidade.

Então, todas as dicas desse texto partiram da nossa equipe, que já se ferrou em muitas Blacks Fridays e aprendeu com esses erros. E com os devidos cuidados, passamos a ter experiências melhores. Cuidados esses que fizemos questão de listar aqui, em detalhes! 🙂

Então, esperamos que nossas dicas de Black Friday, que separamos com muito carinho, ajude você verdadeiramente em suas próximas compras.

Ah, se faltou alguma dica, deixe nos comentários para ajudar mais e mais leitores!

- ANÚNCIO-
Gabi Schilling
Publicitária, mas o amor verdadeiro veio com o marketing digital. Adora passar o tempo lendo, escrevendo ou vendo alguma série asiática.

Posts Similares

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × dois =

Mais vistos

Cervejeira Imbera é boa?

Não tem coisa mais meh do que pegar o latão do freezer, sedento por aquela cervejinha beeeeeem gelada, e ela estar “mais ou menos...

Panela Brinox é boa?

Já podemos afirmar que a panela Brinox é boa, sim. Mas, o que difere ela das outras marcas? Quais as vantagens de contar com...

Cooktop Dako é bom?

A Dako é uma das fabricantes de eletrodomésticos que mais marca presença nos lares brasileiros. Considerando que é uma marca muito conhecida por seus...