Faqueiro Wolff é bom?

- ANÚNCIO -

Aqui na categoria de gastronomia já avaliamos desde aplicativos de receita até assinaturas de vinho. Mas, vimos que os conteúdos sobre panelas foram os que mais agradaram ultimamente. Então, que tal falar mais em utensílios de cozinha? E para diversificar e sair das panelas, vamos aos faqueiros: e aí, será que o faqueiro Wolff é bom?

Para responder essa dúvida, trouxemos um resumo sobre a marca (para você entender de onde vem a fabricação e se é um nome de tempo no mercado). Além disso, algumas provas de autoridade, como avaliação no Reclame Aqui e popularidade em sites de indicações de compra. Ademais, algumas informações extras para curiosidade.

Conheça mais sobre a Wolff, uma marca alemã!

Para começar a entender um pouquinho mais sobre a qualidade dos faqueiros Wolff, podemos olhar para a marca, sua procedência e tempo de mercado. Sendo assim, a Wolff é uma empresa que existe desde 1894 e nasceu na Alemanha, vindo para o Brasil somente 85 anos depois, com fabricação e centro de distribuição nacionais.

Outro ponto interessante de saber é que em 2002 a Wolff foi adquirida pela Rojemac, uma das mais reconhecidas no mercado brasileiro no segmento de utensílios domésticos e decoração.

Enfim, além de faqueiros, a Wolff também é responsável pela fabricação de outros produtos para decoração e utensílios, como vasos, centros de mesa, bombonieres, fruteiras e mais. Contudo, além do aço e inox utilizado na fabricação dos faqueiros, a empresa também utiliza cristal, vidro e porcelana para suas outras opções de catálogo.

E como está a reputação da Wolff no Reclame Aqui?

Bom, entre as reclamações, algumas são bem pontuais e não vimos repetições desses casos, como oxidação do produto, fragilidade (caiu e quebrou, por exemplo) ou ranhuras sem mesmo ter sido usado.

Por outro lado, dois feedbacks que se repetiram muito é sobre as facas não terem o desempenho esperado e o material desgastar rápido.

Ou seja, consumidores que esperavam um produto de corte fácil e se frustraram por não ser uma lâmina tão afiada assim. Além disso, quem procurava por durabilidade, também não gostou muito de ver as peças enferrujando ou descascando.

Mas, não podemos esquecer que o Reclame Aqui, além de ser um canal para avaliação das marcas, acaba atraindo mais a atenção dos clientes frustrados. Logo, a boa notícia é que a Wolff, que está há dois anos na plataforma, recebeu apenas 84 reclamações até a data deste post.

Ademais, o atendimento da empresa responde todo mundo e vem melhorando com o tempo. Isso porque, em 2019, sua classificação geral era “não recomendada”. Porém, em 2020 e 2021, subiu para classificação “boa”, com uma média que fica na faixa dos 7/10.

👉 O que podemos concluir disso: para você que pensa em comprar um faqueiro Wolff, já pode ter noção de que as peças oxidam sim com o tempo. Logo, precisa ter um cuidado maior para guardá-las e evitar ambientes úmidos.

Além disso, se a sua exigência da lâmina é alta, talvez não seja a melhor das opções. Entretanto, a marca oferece um bom atendimento pós-compra caso precise.

A Wolff aposta na variedade dos detalhes

O que não vai faltar durante a escolha é opções de faqueiros com detalhes e acabamentos diferentes. Até o momento, são 30 conjuntos diferentes, todos compostos por inox e prata, além das linhas em dourado, rosé ou preto.

Faqueiros Wolff nas cores prata, dourado e rose.
Fonte: Wolff

Ou seja, são conjuntos muito bonitos e que podem ser usados em ocasiões especiais. Os detalhes dos cabos são desenhos delicados e que têm um requinte maior a cada talher. Além disso, também há opções de peso, com faqueiros leves ou mais pesados ao toque.

O faqueiro Wolff é bom segundo avaliações

Para saber como estava a reputação do faqueiro Wolff, também procurei por “melhores faqueiros” no Google e conferi as dicas de todos os sites da 1ª página de resultados. O mais legal foi que a Wolff apareceu em todos!

Entretanto, em alguns sites os faqueiros da Wolff estão entre as principais indicações (geralmente, listas de 5 a 10 opções de marcas diferentes). Por outro lado, em outros a Wolff aparece nos tópicos de “outras sugestões também boas”, não chegando a entrar na lista principal.

Para finalizar, o conjunto mais citado foi o faqueiro Wolff Berna.

O Faqueiro Wolff é bom?

Selo Será Que é Bom
Pelo o que pesquisamos, o faqueiro Wolff é bom sim, mas…

…não podemos negar que algumas marcas estão melhor avaliadas do que a Wolff. Por exemplo, olhando apenas para o Reclame Aqui, temos a Tramontina (8.2) e Brinox (8.6). Além disso, ambas marcas oferecem bons preços pela qualidade dos faqueiros.

Inclusive, a Brinox já apareceu aqui no portal em uma avaliação de panelas. 

Afinal, a panela Brinox é boa? Confira no link!

Acreditamos que a riqueza do acabamento dos faqueiros da Wolff é o que alimenta mais a vontade de comprar. Não dá para negar, são muito bonitos e com esse toque de delicadeza nos detalhes que nem todos os faqueiros tem. Ou seja, se você optar por essa compra por causa disso, só fique atento à questão de durabilidade e capacidade de corte das facas.

Agora é sua vez de falar se o faqueiro Wolff é bom! Deixe nos comentários qual foi sua experiência de compra e se recomenda para outros consumidores.

- ANÚNCIO-
Gabi Schilling
Publicitária, mas o amor verdadeiro veio com o marketing digital. Adora passar o tempo lendo, escrevendo ou vendo alguma série asiática.

Posts Similares

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais vistos

TV Multilaser é boa?

Será que a TV Multilaser é boa? Nós sabemos porque você está com essa dúvida, afinal ainda é muito difícil associar essa marca com...

Micro-ondas Britânia é bom?

Dessa vez, foi mais difícil concluir se o micro-ondas Britânia é bom. Isso porque não encontramos muitos feedbacks de clientes. Por exemplo, o primeiro lugar...

Colchão Emma é bom?

O colchão Emma é bom porque além da tecnologia alemã, feita para não agredir a nossa estrutura corporal durante o sono, a marca tem...