Creamy Skincare é bom?

- ANÚNCIO -

Hoje é dia de falar se Creamy é bom, afinal, skincare é um dos vícios mais difíceis de largar. A gente começa com uma duplinha de limpador facial e hidratante, uma máscara semanal aqui e ali… Quando vê, já tá nos produtos mais pesados e correndo atrás do relógio para manter uma rotina diária com sérum, essência, tônico e tudo que tem direito! 😂

Para peles que precisam de tratamento um pouco mais profundo, os ácidos AHAs são quase milagrosos. Eles trazem mil benefícios diferentes, mas acabam pesando no bolso de quem não tem um orçamento muito grande para esbanjar em produtos de marcas famosas.

Então, é por isso que trouxemos nossa avaliação de hoje! Vamos falar sobre uma marca que é super jovem, mas já está no coração de várias influenciadoras e amantes da beleza. Vem com a gente para descobrir de uma vez por todas: Creamy é bom?

O propósito da Creamy é democratizar o skincare

A Creamy foi criada por Luiz Romancini, um médico dermatologista que percebeu que os pacientes estavam insatisfeitos com as prescrições de ácidos para o cuidado com a pele.

Isso porque os produtos disponíveis no mercado tendem a ser muito caros, o que faz com que o cliente tenha que recorrer à manipulação.

Por isso, um dos principais objetivos da Creamy é fazer com que os pacientes mantenham o tratamento a longo prazo, quando os ácidos realmente começam a mostrar resultado. Muitas vezes, isso não acontecia por causa do custo alto!

Por isso, os ácidos da Creamy têm alta concentração de ativos, sem aquelas firulas (como corantes e fragrâncias) que só servem para encarecer o produto e ainda podem prejudicar a pele.

É só o essencial para garantir aquela pele de pêssego mesmo, já que a marca super defende a ideia do “menos é mais”!

Creamy é bom para todos os tipos de pele?

A Creamy é daquelas que vai fazendo os lançamentos de pouquinho em pouquinho, sempre ouvindo o que o público tem a dizer e o que estão procurando no próximo produto. 

Hoje, o catálogo conta com 5 produtos de texturas diferentes, entre géis, séruns e cremes. Exceto pelo fato de que os ácidos AHAs não são indicados para quem tem a pele muito sensibilizada, tem um Creamy perfeito para todo mundo!

O problema é que eles têm nomes muito parecidos, o que pode confundir um pouco na hora de entender qual é o melhor produto para cada tipo de pele. Mas aguenta aí que a gente vai te ajudar!

AHA Ácido Glicólico

Com 10% de ácido glicólico na composição, esse creme AHA faz uma esfoliação química poderosa, diminuindo as irregularidades que dão aquela sensação de “relevo” que temos ao passar os dedos sobre a pele.

Ah, e ele também induz a produção de colágeno, o que é ótimo para pele madura! Outro princípio ativo é a niacinamida, que ajuda a controlar a oleosidade e hidratar a pele.

Creamy Azul AHA Ácido Glicólico
Creamy

AHA Ácido Mandélico

O ácido mandélico vem na concentração de 7% nesse produto e é queridinho de quem tem manchas na pele, seja pelo melasma ou pela exposição ao sol.

Ele ajuda a clarear essas manchinhas e uniformizar o tom da pele, além de ser um seborregulador potente, o que ajuda a diminuir a aparição de acne. Ah, e se você tem pele um pouco mais sensível, saiba que o ácido mandélico é um dos AHAs mais suaves e pode ser a melhor escolha nesse caso!

Esse da Creamy também vem em textura de gel, o que facilita a absorção e não deixa a pele com aquele aspecto super-hidratado (e quase oleoso) que pode incomodar quem sofre com a produção excessiva de sebo.

Creamy Rosa AHA Ácido Mandélico
Creamy

AHA Ácido Lático

Essa embalagem amarelinha lindimais traz o ácido lático em uma concentração de 5%, acompanhado da niacinamida que também está presente no ácido glicólico.

Ou seja, é perfeito para quem está procurando um produto que vai dar um boost na hidratação da pele e deixar o rosto com aquela sensação gostosa de nutrição.

O ácido lático também é um dos mais indicados para pele sensível. Isso porque ele foca na hidratação e tem textura de sérum, o que faz com que ele seja absorvido rapidamente sem deixar resíduos na pele.

Também pode ser uma boa opção para quem nunca usou AHAs ou tem a pele muuuuito seca, já que é um dos ácidos mais suaves da linha. Segundo a própria Creamy, “é considerado um AHA gentil: regenera e rejuvenesce a pele sem agredi-la”.

Creamy Amarelo AHA Ácido Lático
Creamy

AHA Vitamina C

A vitamina C aparece em concentração de 10% nesse sérum, que ajuda a prevenir o envelhecimento através do combate aos radicais livres. Ou seja, um produto essencial na rotina de quem precisa de cuidado anti-idade!

A fórmula ainda conta com ácido ferúlico e vitamina E, que também são antioxidantes e ajudam a potencializar o efeito do ingrediente principal.

Creamy Laranja AHA Vitamina C
Creamy

Ácido Tranexâmico

Esse é o último lançamento da Creamy e também o mais diferente dos outros, porque não tem um AHA como componente principal.

Na verdade, é uma solução de vários ácidos diferentes, usados com um objetivo em comum: tratar e prevenir a hiperpigmentação da pele.

Por isso, esse produto é um clareador e, além do ácido tranexâmico, também conta com ácido glicólico, niacinamida e alfa-arbutin. Essa mistura promove uma esfoliação química suave que facilita a penetração dos ingredientes clareadores na pele, além de ajudar a reduzir a sensibilidade a longo prazo.

Creamy Verde Ácido Tranexâmico
Creamy

O que eu preciso saber antes de comprar meus Creamys?

Amamos ver as resenhas das blogueiras e procurar pelas últimas novidades de skincare para testar, mas sempre precisamos lembrar que pele é saúde, e saúde é assunto sério.

O uso de ácidos deve ser sempre acompanhado pela orientação de um dermatologista, que vai avaliar as necessidades específicas da sua pele. Só um profissional qualificado pode dizer o que é mais indicado para o seu caso!

De resto, segura algumas diquinhas gerais para entender melhor como os AHAs funcionam.

  • Para começar a usar um AHA, aplique em pequenas quantidades, em dias alternados e após a etapa de hidratação, para deixar que sua pele se adapte com calma ao novo produto;
  • Os ácidos devem ser utilizados à noite, porque a exposição da pele tratada aos raios solares pode provocar irritação severa e até queimadura;
  • Se a sua pele já estiver bem acostumada aos AHAs, você pode considerar aplicar também pela manhã, mas sempre com muito filtro solar (muito mesmo!) e o OK do dermatologista.

O que o Reclame Aqui nos diz sobre a Creamy?

Confesso que o Reclame Aqui da Creamy me surpreendeu! Logo ao entrar na página, tem um aviso que não vi em nenhuma outra marca que abordamos aqui no SQÉB, direcionando o cliente para um SAC via e-mail que promete resposta no mesmo dia.

É um sinal bem forte de que a Creamy leva o atendimento ao consumidor a sério e que você provavelmente não vai ficar semanas esperando por um retorno. Não tem sensação melhor do que essa na hora de apostar na compra de uma marca nova!

A única coisa que preocupa um pouco são as reclamações não respondidas. De 421 contatos, a Creamy respondeu apenas 390. Geralmente, vemos marcas com uma quantidade muito maior de reclamações que dão conta de atender a todas, então, ficamos com a pulga atrás da orelha nesse caso específico.

Além disso, o atendimento via Reclame Aqui tende a demorar um pouco mais. Por exemplo, reclamações de uma semana atrás, ainda sem respostas! Então, fica aí a dica de que realmente vale mais a pena apostar nos canais próprios da marca.

Outras infos

De resto, a Creamy é só amores. O índice de solução é de 95.7% e 87.1% dos clientes voltaria a fazer negócio, o que é um bom indicativo de que a maioria das pessoas fica bem satisfeita com o retorno da marca.

Além disso, dá para ver pelo Reclame Aqui que a marca se preocupa em dar retornos personalizados para cada cliente. Em alguns casos de efeito reverso, eles perguntaram quais outros produtos a pessoa utilizava na rotina. Assim, apontaram ingredientes que poderiam ser prejudiciais quando usados juntos. Um cuidado só!

Ah, e para fechar com chave de ouro, eles ainda possuem selo RA1000, dado pelo próprio Reclame Aqui para empresas que têm todos os índices de atendimento acima da média.🥇

Então, Creamy é bom? Posso investir na compra ou não?

Selo é bom

Sim, Creamy é bom demais! 💛

Os produtos da Creamy são desenvolvidos por dermatologistas e ainda evitam fragrâncias e outros componentes que podem irritar a pele sem necessidade, o que já ganhou o meu coração por si só (quem tem pele sensível entende!).

Além disso, eles têm alta concentração de princípios ativos, potencializando o tratamento a longo prazo, e ainda têm um precinho que cabe no bolso. Tudo que a gente sonha em uma marca de skincare!

Agora, tem também uma diquinha de quem também ama produtos para a pele! Dê uma olhada na nossa avaliação sobre o FOREO Luna se você estiver procurando por um acessório para potencializar a etapa de limpeza. Não quero dar spoiler, mas tenho certeza que você vai curtir demais! Aqui em casa, não vivemos mais sem. 😍

Por fim, sempre tem mais posts na nossa categoria de opiniões sobre produtos de beleza e bem-estar, né? Corre lá para ver todos! Nos vemos no próximo!

- ANÚNCIO-
Isadora Padoa
Achou que ia ser jornalista, mas o coração puxou para o SEO. Vive para ler, passar tempo com seus doguinhos e se enfiar no meio do mato de vez em quando.

Posts Similares

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais vistos

Lavadora Mueller é boa?

Se a Mueller é boa ou não você vai ver junto comigo ao longo desse post, mas uma coisa eu já posso afirmar: é...

As 5 melhores coifas para comprar agora!

Já faz um bom tempo que avaliamos diversas marcas de coifas aqui no SQÉB. E como não são todas que consideramos como uma boa...

Coifa Gallant é boa?

Eu quis escrever essa avaliação para saber se a coifa Gallant é boa porque, para mim, essa é uma marca totalmente nova. Além disso,...